Fotógrafos Nikkeis - Miguel Chikaoka

By Marcio Saiki - julho 08, 2009




Não há como falar da fotografia feita por nikkeys no Brasil sem citar Miguel Chikaoka. O engenheiro eletrotécnico formado na Unicamp descobriu na fotografia seu prazer, arte e ofício. Miguel é paulista de Registro e de 1976 a 1979 estudou fotografia na França. Chegou a Belém, em 1980 e começou a participar intensamente de atividades que levaram-no a idealizar projetos e eventos, como as coletivas FotoPará e os Fotovarais. Realizou as individuais "Subterrâneos do Paraíso", em 80 e "Panela de Pressão", em 81.



Produziu reportagens e documentários para o Jornais “Movimento” e “Resistência” da Sociedade Paraense de Defesa dos Direitos Humanos.

Foi colaborador da Agencia F4 e integrou o corpo editorial das Revistas “Cuíra” da Universidade Popular de Belém do Pará e “Gibi” com a Agência Emaús. Trabalhou com o Movimento Nacional de Meninos e Meninos de Rua e a Unicef na realização de um documentário sobre a Realidade da Criança e do Adolescente no Interior da Amazônia.



Em 83, criou a FotoAtiva, ateliê voltado para o aprendizado da fotografia como linguagem e expressão pessoal. Coordenou o projeto "FotoAtiva Cidade Velha", em 85. Fundou a Agência Kamara-Kó na qual realiza trabalho de documentação sobre questões ambientais da região.
Este projeto ajudou ao reconhecimento de Belém como sendo um dos grandes centros de desenvolvimento cultural da fotografia.



Dedica-se à coordenação do departamento de ensino e pesquisa da FotoAtiva, transformada desde 2000 em Associação. Criou as Jornadas "Belém 24 Horas" e as oficinas "Fotografia Sensorial", "Photo Morphosis", "Fotografia Experimental", "Brincando com a Luz" e mais recentemente "Tubo de Ensaio". Ministrou oficinas e palestras no Brasil e no exterior e coordena desde 2000 o projeto "FotoAtiva Ver-o-Peso".

Atualmente dirige a Agência Kamara Kó Fotografias, da qual é sócio fundador e trabalha com reportagens e documentários com foco nas cenas da Amazônia.



PRINCIPAIS EXPOSIÇÕES

2000
Brasiliana, Fotógrafos de Belém do Pará. Coletiva. Centro Português de Fotografia, Porto (Portugal).
Tangências - Oipaquesaintgeoges. Individual. Canto do Patrimônio. Instituto do Patrimônio Artístico e Histórico Nacional.

1996
Foto Brésil. Coletiva promovida pela revista Infos Brésil. Espaço Jorge Amado, Embaixada do Brasil, Paris (França).
Brasil Mostra Sua Cara. Coletiva. Bienal Internacional de Fotografia Cidade de Curitiba (PR).

1995
Coleção PIRELLI - MASP. Museu de Arte de São Paulo, São Paulo (SP).

1993
Fotografia Brasileira Contemporânea. Coletiva. Mês Internacional da Fotografia, São Paulo (SP).
II Salão Nacional de Arte Fotográfica da Bahia. Escola de Belas Artes da Universidade Federal da Bahia, Salvador (BA).

1992
Ver o Círio passar. Promovido pela Agência A2 Fotografias e Museu do Círio - Núcleo de Arte da Universidade Federal do Pará, Belém (PA).
L'Amerique dans tous sés etats. Coletiva Mista. Promovida com o acervo do Museu de Arte da OEA - Maison de L'Amerique, Paris (França).

1991
Ôlho. Individual mista (fotografia, eletrografia, colagem, poesia e instalação), na programação dos 60 anos da Imigração Japonesa na Amazônia. Hall Ismael Nery, CENTUR, Belém (PA).

1989
Images of Silence. Coletiva promovida pelo Museu de Arte Contemporânea da Organização dos Estados Americanos - OEA, Washington (USA).

1986
Fotojornalismo dos Anos 80. Coletiva promovida pela Agência F4. Museu da Imagem e do Som - MIS, São Paulo (SP).

1985
Direitos Humanos. Coletiva promovida pela Agência F4 e o Sindicato dos Jornalistas de São Paulo. Galeria J. B. Scalco, São Paulo (SP).

1983
Sumano Brasil. Individual. Salão FUJI, São Paulo (SP), seguida de uma itinerância por várias cidades brasileiras.

1979
Temoignages em Vrac. Primeira mostra individual. Realizada com o apoio da Associação dos alunos das Grandes Escolas de Nancy e da União Nacional dos Estudantes da França.


PRÊMIOS

3o LUGAR no Concurso de Fotografias "Dans les Rues de Nancy", promovido pelo Office de Tourisme de la Ville de Nancy, França, 1978.

2o LUGAR, categoria PB - IV Salão de Arte Fotográfica Bunkyo, promovido pela Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa, São Paulo (SP), 1980.



ACERVOS

Museo de Arte de las Americas. OEA, Washington (USA).
Museu do Estado do Pará. Belém (PA).
Fundação Biblioteca Nacional. Rio de Janeiro (RJ).
NAFOTO -Núcleo de Amigos da Fotografia. São Paulo (SP).
Museu de Arte de São Paulo. Coleção Pirelli-Masp de Fotografias. São Paulo (SP).



Coleção Pirelli/MASP
Entrevista IESB
Photography Society of Japan
mais fotos...

  • Share:

You Might Also Like

1 comentários